quarta-feira, 11 de março de 2015

HOMENS COMO ÁRVORES



Marcos 08:22-26
22. E chegou a Betsaida; e trouxeram-lhe um cego, e rogaram-lhe que o tocasse.
23. E, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia; e, cuspindo-lhe nos olhos, e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe se via alguma coisa.
24. E, levantando ele os olhos, disse: Vejo os homens; pois os vejo como árvores que andam.
25. Depois disto, tornou a pôr-lhe as mãos sobre os olhos, e fez olhar para cima: e ele ficou restaurado, e viu cada homem claramente.
26. E mandou-o para sua casa, dizendo: Nem entres na aldeia, nem o digas a ninguém na aldeia.

Primeiro vale fazer algumas observações:
1- Diferentemente do personagem de João 9, este cego não era de nascença. Se assim o fosse assim a Palavra de Deus haveria de dizer, como disse naquela ocasião.
2- Este cego não morava em Betsaida. Alguns confundem isso pelo fato de que assim que Jesus chega a Betsaida, o trouxeram este cego. Mas reparem o que o diz no versículo 26
26: "Então Jesus enviou aquele homem para casa, recomendando: nem sequer no povoado entres!"
Bem... Se aquele homem não poderia entrar no povoado, como chegaria em sua casa se lá ele morasse?
Betsaida era amaldiçoada pelo próprio Cristo, e ali nunca poderiam testemunhar milagres, conforme diz em Mateus 11:21 . Esta cidade, por mais que havia visto milagres, nunca se arrependeu. Por isso Jesus amaldiçoou e disse para o homem não ir para lá para que eles não tomassem conhecimento de tal milagre.
3- Novamente vemos aqui, e repito, que Jesus foi o primeiro homem a operar o milagre da restituição da visão...
Mas tudo isso são apenas observações. O que eu gostaria de aprofundar com os meus irmãos são outras duas coisas muito interessantes que existem neste texto
1- Teria Jesus medido mal o seu milagre? Como assim? Afinal Ele cospe nos olhos e põe as mãos pela primeira vez e o homem passa a enxergar homens como árvores. Depois Ele novamente põe as mãos sobre seus olhos e ele passa a enxergar mais definidamente. Teria Jesus errado na primeira tentativa? Teria Ele errado na quantidade de poder ou unção?
2- Por que o cego viu homens como árvores? Não seria mais simples e óbvio ele falar que estava vendo embaçado? Ao invés de ilustrar o que estava vendo.

Bem... Vamos deixar bem claro aqui que Jesus não errou, não erra e nunca vai errar! Amém?
De todos os milagres citados na Bíblia feitos através de Jesus, nenhum...repito, NENHUM foi feito por parcelas.
Veremos apenas alguns:  

Mateus 8:2-3 
Um leproso, aproximando-se, adorou-o de joelhos e disse: "Senhor, se quiseres, podes purificar-me! "
Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: "Quero. Seja purificado! " Imediatamente ele foi purificado da lepra.


Mateus 8:14-15
Entrando Jesus na casa de Pedro, viu a sogra deste de cama, com febre.
Tomando-a pela mão, a febre a deixou, e ela se levantou e começou a servi-lo.

Mateus 8:13
Então Jesus disse ao centurião: "Vá! Como você creu, assim lhe acontecerá! " Na mesma hora o seu servo foi curado.

Isso sem contar a mulher com fluxo de sangue e o servo do centurião.
E este acaba com qualquer comentário que Jesus teria operado este milagre por etapas.

Jesus não errou na medida do Seu poder para operar esse milagre.
Não é como a dona de casa que erra no açúcar no preparo do café, e depois tem que colocar mais um pouco na xícara!
Como vimos, para quem opera os milagres de forma imediata, não há cabimento em pensar que nosso Senhor faria desta vez, um milagre por etapas!
É como se Jesus fosse todo dia, ou uma vez por semana, ou por mês, na minha casa, para tocar em minha filha* e operar aos poucos o seu milagre.

(*) Minha filha Helena tem, há 7 anos, uma enfermidade chamada 
Aplasia de Medula Óssea. Hoje ela está com 8 aninhos.

Quando Ele toca, Ele toca, quando Ele determina tá determinado! Amém?

"Basta uma palavra", foi o que disse o centurião. E não duas palavras! Mateus 8:08

"Lázaro, sai para fora!!!" foi dito uma única vez.
João 11:43

Jesus diz que está curado, pronto, assim está, mesmo que demore um tempo para concretizar. Mas isso não quer dizer que Ele joga o seu poder aos poucos.
Assim como o Espirito Santo não mais é dado por medidas, mas em Sua totalidade, a mesma coisa é o poder de Deus para operar maravilhas!
Finalmente: Jesus não operou este milagre por etapas. Quem crê nisso, crê que Ele opera  milagre aos poucos e parcelado, ou seja, um grande equívoco.

Partindo do princípio que Jesus não erra, é lógico que havia uma intensão por trás do fato dEle fazer com que o homem visse homens como árvores.
A palavra embaçado não existe na Bíblia.
O homem não disse que a visão estava turva, nós é que entendemos assim. 
O homem não disse que a visão estava embaçada, nós é que entendemos assim.

O que houve então? 

Jesus operou o milagre da forma mais surpreendente que o homem desejava. Isso é característica de Deus: Ele faz muito mais do que pedimos ou pensamos!
Jesus já havia operado o milagre quando o tocou pela primeira vez.
O homem é que não compreendeu o que via!
Jesus tocou, pronto, estava curado! E mais, deu ao homem que era cego o poder de ver os homens como Deus também nos vê: Como árvores!

Bem... Agora vamos entender o porquê das árvores.
Deus tem vários desejos para/conosco.
Ele quer nos salvar, ele quer que sejamos felizes, que tenhamos esperanças mesmo em meio a tribulação, quer que amemos ao próximo, que sejamos luz do mundo e sal na terra, assim como que santifiquemos e busquemos primeiro as coisas do céu. Mas aqui eu acrescento mais uma coisa que Deus quer que sejamos: árvores que deem bons frutos!
Em vários momentos na Bíblia O Senhor nos compara como árvores. Na verdade, metaforicamente, somos tratados como árvores.
Salmo 01:
1. BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
2. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
3. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.


Jeremias 17:7-8
7. Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR.
8. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto.

Percebemos aqui que o próprio Deus nos vê como árvores! E deseja que sejamos essas belas árvores.
Em Mateus 3:8 Jesus chama os fariseus e saduceus a produzirem frutos de arrependimento!
Em Lucas 3:9 a bíblia diz...
9. E também já está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não dá bom fruto, corta-se e lança-se no fogo.
A Palavra diz que a árvore é conhecida pelo fruto que dá.

Uma passagem adorável está em Isaías 61.

3 e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória.

Em Gálatas 5:22 a poderosa Palavra nos fala sobre o fruto do Espírito, que é gerado apenas em nós, árvores do Senhor.
Isso tudo sem esquecer a analogia do Cristão com a árvore palmeira, que na tempestade enverga, mas depois volta a posição.
São tantas e tantas vezes que Deus nos vê como suas árvores. Algumas frondosas, outras nem tanto.
Enfim... Não é de se estranhar que Jesus desse a este homem recuperado de sua cegueira, o privilégio de ver os homens como Deus nos vê.
O Senhor nos vê como vasos, como ovelhas, mas muitas vezes como árvores! Amém?

Jesus não erra, não opera milagre parcelado, Ele dá mais do que desejamos! Isso sim!

E outro desejo que o Senhor tem por nós, é que tenhamos visão espiritual.

Visão espiritual envolve ver além do mundo natural para o mundo espiritual. É compreender o divino propósito de Deus e reconhecer sua parte no plano Dele.

Mas aquele pobre homem não entendeu o que Jesus estava dando a ele.
Ele resmungou..."Vejo pessoas... Mas elas se parecem com árvores caminhando".
Digamos que você não tenha casa própria e mora de aluguel, aí Deus te dá um triplex com duas suítes e quintal com piscina... aí você não entende e diz que está vendo além do normal.
Jesus diz... tudo bem, então toma. E você então ganha uma quitinete. É sua, mas é menos do que Ele te deu primeiro.
Tudo porque você não compreendeu o tamanho da benção que Deus te deu!

O apóstolo Paulo tinha visão espiritual. Ele disse: “...não fui desobediente à visão celestial” (Atos 26.19).

Se Jesus, que operava milagres maiores que este de dar a visão a cegos, tocou em seus olhos... Era para este homem esperar e discernir sobre o que estava vendo e recebendo.
Ver espiritualmente é ver além do que os homens normais podem ver.
Ver espiritualmente é ver com os olhos de profetas. Lembram-se do mancebo ao lado de Eliseu enquanto estavam cercados?
Ver o que somos é fácil! Ver como Deus nos vê é que é difícil!

Ver homens como árvores é ver homens que dão frutos.
É ver homens persistentes.
É ver que estamos juntos ao ribeiro que é Cristo.
Ver homens como árvores é ver homens enraizados na Palavra, e quanto mais altas as árvores maiores são suas raízes.

Sim. Este homem viu os outros como árvores porque Deus estava fazendo que ele tivesse visão espiritual. 
Jesus curou aquele homem da forma como havia de ser curado... Mas ele não compreendeu.

Quem de nós recebeu uma visão de Deus e reconhece que não compreendeu?
Quem de nós recebeu um talento de Deus, e pelo fato de não compreender o que estava acontecendo, acabou voltando a ver as coisas normalmente?

Tenho certeza que alguém aqui já recebeu o dom de visão e não entendeu.
Ou pior, negou tal talento!
E você sabe o que acontece com quem nega o talento que recebeu de Deus?
Sim... vocês sabem!

Para concluir...
Igreja, quando você receber uma dádiva de Deus, e não compreender o que você recebeu, peça discernimento ao Senhor!
Se o cego desta mensagem perguntasse a Jesus: Senhor, por que estou vendo homens como árvores? Ou, tu desejas que assim eu veja?
Jesus teria respondido a ele.

Igreja, Deus quer te dar muito mais que você pede ou pensa. 
Então aceite quando O Senhor te der algo!
Se o cego precisava ser curado, você acha que Jesus daria a ele uma vista defeituosa?
Claro que não!
Jesus não te dá um pneu recauchutado, ele te dá um novo!
Tudo se fez novo!! diz a Palavra.
Então por que achar que Jesus daria uma vista desgastada para aquele pobre homem?

Se você precisa que Deus te dê algo... aceite se Ele te der o melhor!
Não murmure... compreenda o que Ele te deu e use para a obra!

Ore por você que está vendo e não está entendendo.
E também por você que precisa receber cura desta cegueira espiritual.

Alexandre Monsores ... 29 de abril de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário