sexta-feira, 29 de agosto de 2014

A dor que vale à pena!




"E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor,
e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; (...)"."



Houve então "O" momento.
Aquele em que não gostamos, por mais que seja justo, em que nosso Pai fala conosco em tom agressivo ou imperativo... mas pai é pai.
Ouçamos seus conselhos com amor e temor.
Naquela cena no Éden, onde Deus adverte ao primeiro casal sobre as consequências do seu erro, dentre tantas palavras ditas, O Senhor, na sua majestosa posição, determinou certas coisas.
Algumas no tocante ao homem, Adão, e as duras penas sobre ele e a terra.
Outras, quanto a mulher, Eva, em que muito me traz a atenção é o fato dela, em certo momento, "tipificar Maria".
Sim! A mãe de Jesus, nosso Único e suficiente Salvador!
Como assim?
Nesta passagem, Deus indica a Eva que dela (mulher) nascerá aquele que pisará na cabeça da serpente.
Não precisa ser teólogo para entender que essas palavras tratam sobre o fato que, num futuro, de uma mulher nasceria Jesus, ao qual pisará na cabeça de satanás.
Até aqui ok?
Pois bem, se nesse momento Eva tipifica Maria, então aproveitemos o momento para tipifica-la também em outra afirmação:

"Multiplicadas serão suas dores de parto!"

E aí me chama a atenção.
NENHUMA MULHER NO MUNDO, NA ANTIGUIDADE, HOJE OU NO FUTURO, pode ter sentido dores de parto piores que nossa irmã Maria!
Afinal, ela, de todas, foi a única que teve de dar a luz a uma criança, sendo ainda virgem!
Pensem nas dores de um parto normal, multiplicadas pelo fato de sua virgindade.
Terrível, não?
Agora pensem comigo: Tamanha e única dor, para tamanha e única Graça.
Deu à luz ao nosso Salvador, O Redentor de todos os homens.

A DOR QUE VALEU À PENA!

Se teu projeto, teu sonho, está num longo e doloroso parto para nascer e ser visível a todos... calma. Quanto maior a dor de parto deste teu projeto, maior a graça e honra terá.
Se saiu rápido, sem dores, suor e lágrimas... fique atento. Pode durar apenas alguns momentos de vida.
Quer exemplos?
José e Moisés.
__________________________________________________

Alexandre Monsores - Ago/2014

2 comentários:

  1. Grandezas diretamente proporcionais... rsrsrr ... matemática pura..!!

    ResponderExcluir